Moda fitness é aposta lucrativa no franchising

porAgência VitalCom

Moda fitness é aposta lucrativa no franchising

Empresa de roupas fitness se lança no mercado em um modelo de microfranquia, com expectativa de 20 lojas implantadas até o final de 2021


De acordo com dados do IHRSA (International Health, Racquet & Sportsclub Association), o Brasil possui mais de 34 mil academias, com cerca de 9,6 milhões de alunos, atrás apenas dos EUA. Somente em 2019, este mercado movimentou aproximadamente US$106 bilhões, correspondendo a 8.7% de crescimento ao ano. E ainda mesmo diante da crise, o setor de franquias segue sendo um dos mais promissores para novos investimentos.

E pegando carona nesta tendência, a Extreme Ladies, loja de moda fitness, entrou de vez para o setor de franquias com o objetivo de potencializar seu crescimento e criar novas oportunidades para os empreendedores. “Nós fundamos a marca em 2016, viemos aperfeiçoando o modelo de negócio, expandimos com lojas próprias e, hoje, estamos prontos para o franchising. Além de podermos expandir de maneira consistente e saudável através das franquias, também poderemos dar a esses empreendedores um ótimo negócio, com investimento baixo, operação simples e ótima rentabilidade”, conta um dos sócios, Hugo Castellano.

No modelo de microfranquia, os sócios da rede têm previsão de chegar a 20 unidades implantadas até o final de 2021. “Sabemos que o mercado é promissor e que as pessoas buscam cada vez mais uma vida saudável. Um negócio que está relacionado com isso e com moda é realmente promissor, já que roupas de academia também são utilizadas no dia a dia das pessoas”, diz Rodrigo Chiavenato, CEO da CHIA Franchising, responsável pela formatação e expansão da Extreme Ladies.

História

A sócia Caroline Castellano, começou a vender roupas personalizadas no vestiário da academia que treinava. Com o sucesso da empreitada, ela e seu marido Hugo viram que o negócio tinha muito potencial. “Certo dia ela me contou que havia vendido R$ 6 mil somente no vestiário da academia e nesta hora vi o quanto este negócio tinha futuro e apostamos acertadamente nele”, revela Hugo.

Ambos trabalhavam em grandes corporações multinacionais e largaram seus empregos para terem seu próprio negócio. “Víamos que trabalhar em multinacionais não era nosso objetivo de vida, com isso, nos preparamos, respiramos fundo e largamos nossos empregos em multinacionais para focar no desenvolvimento da Extreme Ladies”, diz Caroline.

Perfil da franquia e do franqueado

Com quatro lojas próprias, a rede foi estruturada para ter suas unidades implementadas dentro das academias. 

A Extreme Ladies busca como perfil de novos franqueados, homens e mulheres empreendedores, que simpatizam com o universo fitness e que tenham visão comercial.  

Raio X
Taxa de franquia:
R$25 mil
Projeto Arquitetônico: R$3,5 mil
Instalações: R$29 mil
Comunicação: R$4,3 mil
Equipamentos: R$7,2 mil
Estoque inicial: R$ 30 mil
Taxa de propaganda: R$250 (fixo)
Taxa de royalties: R$1.000 (fixo)
Lucratividade: 21%
Retorno: 18 a 24 meses

Contato para a imprensa:
Rafael Gmeiner
Assessor de imprensa da Extreme Ladies
rafael@vitalcomunicacao.inf.br
(11) 9.4398-1910
(13) 9.9138-7006
Skype: rafael.gmeiner
www.vitalcomunicacao.inf.br

Sobre o Autor

Agência VitalCom administrator