porAgência VitalCom

KUKA Roboter é destaque nos principais veículos

Com o lançamento do novo robô KR IONTEC, a Agência VitalCom conquistou para a multinacional 14 aparições no último mês, nos principais veículos especializados

Mais uma vez confiando à Agência VitalCom sua divulgação para imprensa nacional, a KUKA Roboter, especialista em robótica e automação, lançou a nova família de robôs industriais de médio payload, KR IONTEC.

O trabalho foi norteado na divulgação para os veículos de imprensa do trade de Indústria e Automação Industrial e o resultado foi excelente. Foram 14 notícias sobre a marca e sobre o produto em sites como Usinagem Brasil, Ipesi Digital, revista Máquinas e Metais, revista Máquinas Equipamentos, revista Ferramental, entre outros, além de aparições em edições impressas, como a revista Metal Mecânica.

porAgência VitalCom

Agência paulistana chega a Mogi das Cruzes

Empresa especializada em Produção de Conteúdo e Assessoria de Imprensa, que já atendeu globais, celebridades, multinacionais e franquias, passa a ficar sedidada na região do Alto Tiête

Há oito anos atuando na capital Paulista, a Agência VitalCom, especializada em Produção de Conteúdo e Assessoria de Imprensa, encabeçada pelo experiente jornalista Rafael Gmeiner, profissional com 20 anos de profissão, mudou de ares e chegou a cidade de Mogi das Cruzes.

Para o CEO da empresa a mudança é positiva neste momento. “Vejo com bons olhos trocar de cidade. Estamos em um momento de transformações sobre diversos aspectos e chegar em uma cidade como Mogi, que tem muito potencial, é realmente muito promissor”, comenta Gmeiner.

A Agência VitalCom, que sempre teve como carro chefe o ramo da Assessoria de Imprensa, já atendeu e ainda atende, clientes como atores, celebridades, ex-masterchefs, além de empresas multinacionais e franquias, tem focado agora em Produção de Conteúdo e Marketing Digital.

“Nosso DNA é a Assessoria de Imprensa, mas também somos produtores de conteúdo desde sempre e apenas resolvemos focar nisso por conta do momento. Também sempre atuamos com Marketing Digital, em menor escala, mas agora sabemos que as empresas precisam estar dentro e bem antenados com as ferramentas digitais”, afirma Rafael.

Há cerca de cinco anos, a agência passou a atuar também no segmento de Franquias, ramo no qual Gmeiner tem apostado muito, tanto que é CEO e editor do site Mundo das Franquias. “Quando entrei no franchsing encontrei algo que me agrada muito. O setor é forte e bem resistente às crises, mesmo em cenários adversos, sempre temos notícias positivas. E após um ano na redação de um site segmentado, resolvi desenvolver o meu próprio veículo para falar sobre Franquias”, finaliza Gmeiner.

Para saber mais acesse o site da agência!

Contato para a imprensa:        
Rafael Gmeiner
rafael@vitalcomunicacao.inf.br
(11) 9.4398-1910
Skype: rafael.gmeiner
www.vitalcomunicacao.inf.br


porAgência VitalCom

KUKA lança nova família de robôs industriais de médio payload

A nova família KR IONTEC, sucessor dos consagrados KR 30/60, é adequada para inúmeras aplicações e é a primeira do mercado em que se pode alterar a capacidade de carga pela própria máquina

A KUKA Roboter, especialista em robótica e automação, lança no mercado uma nova série de robôs, o KR IONTEC que estabelece novos padrões de flexibilidade nesta categoria de carga. Projetado tanto para operações convencionais, quanto simulações digitais, se destaca por sua grande versatilidade em seu envelope de trabalho.

O KR IONTEC é um equipamento de médio payload, para 30, 50 e 70 kg, com o melhor envelope de trabalho da categoria e menor base de instalação, que possibilita maior densidade de robôs na mesma área de trabalho. “Nesta nova família de robôs KR IONTEC há uma nova versatilidade onde é possível mudar a capacidade de carga do robô, entre 30 e 70kg, alterando apenas sua configuração via dados de máquina e o seu posicionamento aleatório. Até o momento é algo inédito no mercado”, diz o diretor geral da KUKA Roboter do Brasil, Edouard Mekhalian.

Máxima flexibilidade e pequena área de ocupação

O novo KR IONTEC pode ser utilizado em qualquer posição de instalação, seja no chão, teto ou parede, ou entre ambos. Além disso, com versões de alcance máximo de 3.100 mm, tem o maior envelope de trabalho da sua categoria. Os requisitos de espaço de instalação reduzidos do robô, com uma área de ocupação 30% menor e um contorno disruptivo 10% mais esguio que a família anterior, permitem layouts de células mais compactos, ou com maior agrupamento de equipamentos numa mesma área.

Menor custo de manutenção

Os custos de manutenção da família KR IONTEC são ainda mais reduzidos, pois demanda por um número menor de peças de reposição. Além disso, somente é necessário trocar de óleo após 20 mil horas de operação. Devido ao menor consumo de energia, resultante da tecnologia aprimorada de seus controles e da redução de peso do robô, os custos de operação também são mais baixos.

O novo KR IONTEC se destaca em termos de custo total de propriedade e ciclo de vida (TCO). A disponibilidade técnica é superior a 99% e o tempo médio entre falhas é de cerca de 400 mil horas de operação, desde que todas as operações de manutenção preventiva sejam executadas de acordo com as instruções do fabricante.

Pronto para o mundo da manufatura do futuro

O KR IONTEC está pronto para uso tanto no mundo da produção convencional, quanto no digital e possui vários modos de movimento. Estes complementos de software podem ser usados para adaptar o robô de forma flexível a diferentes processos de produção, apenas pressionando um botão. O Modo Performance garante, como padrão, alta performance e eficiência. O Modo Path permite um movimento de trajetória contínua exata em todas as velocidades, com precisão absoluta. Já o Modo Dynamic pode ser usado para minimizar os tempos de ciclo.

Contato para a imprensa:

Rafael Gmeiner
Assessor de imprensa da KUKA Roboter do Brasil
rafael@vitalcomunicacao.inf.br
(11) 9.4398-1910
Skype: rafael.gmeiner
www.vitalcomunicacao.inf.br


porAgência VitalCom

Mercado sem crise: cursos online estão entre os nichos que mais crescem no Brasil, oferecendo trabalho e renda para milhares de pessoas

Enquanto a atividade econômica cai em todo o Brasil, devido aos efeitos da pandemia, que só agravou a crise financeira já sentida pelo país desde 2014, um nicho destaca-se, com crescimento acelerado: o dos cursos online

Números do crescimento – A Babbel, da área de idiomas, por exemplo, teve crescimento de 25% entre a segunda quinzena de março e o começo de abril. Outro indicador relevante vem da Catho Educação, que teve 68% de aumento, de 21 de março e 6 de abril, nas matrículas para cursos EAD ou semipresenciais.

“Todas as vendas realizadas pela internet estão favorecidas nesse período e só crescerão. Assim como o mercado de cursos online, que já vinha em rota de expansão em todos os países, acentuando-se agora, com as pessoas em casa, com tempo disponível e necessidade de buscar mais capacitação”, explica a especialista em Marketing Digital e Vendas Mônica Lobenschuss, da empresa Vendas Exponenciais, que oferece mentoria e consultoria na área de cursos e vendas online.

Rentável para quem ensina e para quem aprende – “Os cursos online oferecem mais capacitação para os alunos que se inscrevem, com a possibilidade de fazer a aula no melhor horário, com custos acessíveis. Já para os produtores dos cursos, é um excelente negócio, por oferecer a possibilidade de vendas em escala, podendo atingir milhares de pessoas no Brasil e até em outros país, inclusive com renda em dólar e euro”, explica Mônica.

Oportunidade de trabalho e renda –
“Esse marcado também é muito democrático e pode ser uma excelente oportunidade para profissionais que tiveram problemas nos seus negócios, devido à pandemia, e podem achar nos cursos online uma opção de trabalho e renda, como produtores dos treinamentos ou, até, vendendo cursos de outras pessoas, como afiliados/divulgadores que são remunerados por comissão”, revela a especialista.

Como começar – Para iniciar nesse mercado, o ideal é fazer uma pesquisa na internet, sobre o tema que o profissional deseja ensinar, para poder oferecer algo diferente e com muitos benefícios. “O foco principal deve estar em escolher um público-alvo/persona bem específico, para o que você possa entregar uma real transformação com o que oferece no curso. Concentre-se em entender os principais desafios desse público e mostrar como é possível resolver tudo isso. Comece oferecendo materiais gratuitos, gerando valor para essas pessoas e criando relacionamento. E depois passe a fazer ofertas de cursos”, finaliza Mônica, que dá orientações gratuitas sobre marketing e vendas online no site da empresária ou no canal do youtube

Sobre a especialista – Empresária há 20 anos, palestrante, mentora do Founder Institute, Mônica Lobenschuss é fundadora da empresa Vendas Exponenciais, em que oferece cursos, consultoria e mentoria para quem deseja vender online.

Consultora premiada, professora de Marketing, Vendas, Planejamento Mercadológico e Comunicação, Mônica fundou a primeira rede de franquias de agência de mídias sociais do Brasil, foi colunista da EXAME.COM e colaboradora do livro Marketing para Executivos Brasileiros (Saint Paul Editora). É voluntária em projetos do Rotary, Sebrae e grupos de empreendedorismo feminino, inclusive como embaixadora da Rede Mulher Empreendedora.

Entre os seus clientes atendidos estão desde pequenos empreendedores até grandes marcas do Brasil e multinacionais, como Pirelli, Braskem, Unimed, Aliança HambugSud, National Geographic, Schincariol, Pernambucanas e Sabesp, entre outras. Monica também tem palestras nos principais eventos do país, como Social Media Week São Paulo, Feira do Empreendedor do Sebrae e APAS Show, por exemplo.

Contato para a imprensa:        
Rafael Gmeiner
Assessor de imprensa da Mônica Lobenschuss
rafael@vitalcomunicacao.inf.br
(11) 9.4398-1910
Skype: rafael.gmeiner
www.vitalcomunicacao.inf.br


porAgência VitalCom

Identificar e isolar pessoas com sintomas de Covid-19 é essencial

Segundo infectologista da OMS os governos devem priorizar estas ações como base para a contenção da doença. Este é o objetivo do AVISACorona, uma aplicação que melhora a notificação das pessoas suspeitas de Coronavírus

No último dia 8, durante a coletiva de imprensa OMS (Organização Mundial da Saúde), a infectologista e chefe do departamento de doenças emergentes da agência, Maria Van Kerkhove, afirmou que é essencial identificar, isolar e traçar os contatos que um infectado teve com outros indivíduos.

Para acabar com a circulação da Covid-19 e contribuir com a volta da economia no País, a UniverSaúde, startup que desenvolve soluções tecnológicas para a área da Saúde lançou o aplicativo AVISACorona, uma solução multiplataforma para o monitoramento dos casos da doença nos municípios brasileiros. 

“O momento atual da pandemia de Coronavírus no Brasil é grave, dramático e demanda tomada de decisão imediata também por parte da sociedade civil organizada. A UniverSaúde assumiu naturalmente o papel de liderar um movimento de apoio para o enfrentamento do problema associando informação, inteligência gestora e tecnologias digitais”, conta o fundador da startup, Dr. Erico Vasconcelos.

Além disso, ele comenta sobre a afirmação da Dra. Kerkhove. “Incorporar tecnologias digitais para ajudar a identificar o estado de saúde das pessoas em tempo real é fundamental. É de suma importância que os governos federal, estaduais e municipais entendam que o “novo normal” convida governos e sociedade a se unirem por meio das tecnologias digitais. Estamos oferecendo uma ferramenta que vai contribuir com este mapeamento e também acabar de vez com a circulação da Covid-19, obtendo evidências sobre a realidade dos fatos e ajudando as pessoas a tomarem as melhores decisões”, complementa Vasconcelos. 

Para mais informações acesse o site: https://www.universaude.com.br/avisacorona/

Assista o vídeo e saiba mais:
https://youtu.be/nXhInauX9I4

Erico Vasconcelos é cirurgião-dentista, estomatologista, especialista em Terapia Comunitária, em liderança e desenvolvimento gerencial de organizações de saúde e MBA em gestão de pessoas. Há 16 anos atua como gestor de saúde de diversas organizações privadas, em municípios e no Ministério da Saúde. É Professor em Universidades públicas e privadas de cursos de graduação e pós-graduação em áreas da saúde, gestão e liderança nas modalidades online e presencial. Fundou a UniverSaúde, uma startup que ajuda gestores a fazerem mais e melhor com menos dinheiro associando informação e inteligência com tecnologias digitais

UniverSaúde é uma startup que desenvolve soluções tecnológicas para a área da Saúde com foco no tripé gestão-educação-população. Fundada em 2017, conta com gestores e profissionais de saúde que acumularam conhecimentos e experiências na atuação no Sistema Único de Saúde (SUS) e em organizações privadas do País, por mais de 20 anos. 

A missão é cuidar de quem cuida para transformar o jeito de fazer Saúde no Brasil, com a visão em ser referência nacional no desenvolvimento de gestores e profissionais de Saúde até 2024, inovando na produção de cuidados em serviço associando tecnologias digitais. A UniverSaúde tem como proposta de valores a inovação, protagonismo, experiência e a excelência.

Contato para a imprensa:        
Rafael Gmeiner
Assessor de imprensa do AVISACorona
rafael@vitalcomunicacao.inf.br
(11) 9.4398-1910
Skype: rafael.gmeiner
www.vitalcomunicacao.inf.br


porAgência VitalCom

Automação para indústria farmacêutica e de cosméticos é tema de webinar

A SCHUNK mostrará soluções, já utilizadas por empresas brasileiras, com alto custo x benefício

A SCHUNK, subsidiária da empresa familiar alemã, líder na fabricação de sistemas de garras e tecnologias de fixação, inclui em sua agenda um webinar exclusivo com soluções de automação para a indústria farmacêutica, cosméticos e produções similares.

Nomeado como Equipamentos de automação para a indústria de alta produção, apresentará exemplos de aplicações reais, já utilizados por clientes brasileiros, equipamentos padronizados de altíssima qualidade, padrões de consumo de players desse segmento, devido ao custo benefício e confiabilidade.

O webinar será realizado no dia 18 de junho e transmitido via Microsoft Teams, das 15h às 16h.

No final do evento haverá um espaço aberto, limitado a 30 minutos extras, para esclarecimento de dúvidas e comentários dos participantes.

As inscrições, gratuitas e limitadas, devem ser feitas pelo links abaixo
Inscrição: bit.ly/webinar40Schunk

Página oficial do evento: schunk.app/webinar40
Convite: youtu.be/DneITBgV0CM

Contato para a imprensa:        
Rafael Gmeiner
Assessor de imprensa da SCHUNK
rafael@vitalcomunicacao.inf.br
(11) 9.4398-1910
Skype: rafael.gmeiner
www.vitalcomunicacao.inf.br


porAgência VitalCom

Tecnologia na luta contra a Covid-19

Entre elas estão aplicativos para mapear e acabar com a circulação do vírus e outro que ajuda agentes de trânsito e policiais a controlarem o tráfego

Ultrapassando mais de 363 mil casos e 22 mil mortes, a Covid-19 ainda traz um cenário de muitas incertezas, tanto sobre quando isso acabará, como quando a pessoas poderão voltar à “normalidade”, trabalhar e fazer a economia nacional girar novamente. Sem contar, ainda, com os fatores emocionais causados pelo isolamento e pelo alto número de vítimas.

As certezas que temos hoje em dia são que a circulação em massa da população aumenta o número de contágio e que com a maior parte dos negócios parados ainda trará crises econômicas para Brasil. E qual a solução?

Em tese, e ainda segundo o ex-ministro Nelson Teich, em entrevista no último dia 24, um isolamento seletivo, com mapeamento de pessoas infectadas e de seus contatos, é uma boa saída para começarmos a resolver estes problemas.

Principais soluções

Em vista do problema, duas empresas saíram na frente e desenvolveram dois aplicativos que se enquadram perfeitamente nisso.

AvisaCorona

O primeiro é o AvisaCorona, uma solução multiplataforma para o monitoramento dos casos de Covid-19 nos municípios brasileiros, criado pela startup UniverSaúde, que desenvolve soluções tecnológicas para a área da Saúde “O AVISACorona é a ferramenta que tanto os municípios como empresas precisam para ajudar no controle da circulação do vírus. Ela funciona exatamente do jeito como o ex-ministro da Saúde disse. Pensamos igual em lugares diferentes”, exclama o fundador da UniverSaúde, Dr. Erico Vasconcelos.

Saiba mais sobre o AvisaCorona pelo site: www.universaude.com.br/avisacorona

Veja como funciona o aplicativo: https://bit.ly/3d4HmRO


InfoGO

A startup InfoGO nasceu com o objetivo de digitalizar rotinas, consolidar dados e automatizar processos que agilizem os procedimentos internos de uma empresa. Diante do cenário atual de combate ao COVID-19, o aplicativo facilita a fiscalização de veículos em cidades com restrições, ou em lockdown, como Fortaleza, Belém e São Luís, e que está em discussão em várias outras regiões atualmente.

O gestor responsável cria formulários com perguntas para que os agentes de trânsito ou policiais preencham com diversas informações, como o tipo de veículo, placa, data, horário, via de acesso, entre outros, gerando gráficos para cada campo. Com isso, ele terá informações consolidadas para tomar as medidas necessárias. “Esse aplicativo pode ser de grande utilidade nesse momento para o governo, prefeituras, secretarias e outros órgãos públicos locais que estejam envolvidos diretamente na ação de controle de veículos e, principalmente, em regiões onde o lockdown foi decretado. Apenas com um smartphone é possível fazer isso e a implantação de todo o processo leva apenas um dia”, explica o CEO da InfoGo, Marcus Taccola.

Contatos para a imprensa:        
Rafael Gmeiner
Assessor de imprensa do AVISACorona
rafael@vitalcomunicacao.inf.br
(11) 9.4398-1910
Skype: rafael.gmeiner
www.vitalcomunicacao.inf.br

Paula Oliveira
Assessora de imprensa da InfoGo
paula@mixdemarketing.com.br
(11) 99652-4643
www.mixdemarketing.com.br


porAgência VitalCom

Solução indicada por Nelson Teich para combate à Covid-19 existe

Em entrevista o ex-ministro falou sobre isolamento seletivo com mapeamento e isolamentos de pessoas e contatos e é exatamente isso que o Aplicativo AVISACorona da UniverSaúde faz

No último domingo, 24, o ex-ministro Nelson Teich concedeu uma entrevista para a Globo News, na qual falou sobre o combate ao Coronavírus e, em sua percepção, quais seriam as medidas a serem aplicadas.

Em tese, Teich disse que o Brasil segue sem conseguir saber o que vai acontecer daqui para frente. “A gente navega hoje em uma situação de absoluta incapacidade de enxergar o que vem pela frente. Ter uma gestão com instabilidade, ansiedade, medo e polarização é muito difícil. A gente realmente não sabe o que vai acontecer. Como a Covid-19 vai evoluir? quanto tempo vai durar? A gente realmente não sabe”, conforme fala publicada pelo UOL, em repercussão à entrevista.

Além disso, ele mostrou, em sua percepção, qual seria o melhor caminho para o combate a Covid-19. “A decisão do que fazer cabe às cidades, existe hoje essa definição. O que eu considero, o que eu faria até nesse programa da matriz de risco, é que a gente caminhasse para um isolamento seletivo, nem horizontal, nem vertical. Que você mapeasse as pessoas, isolar essas pessoas e os contatos. Se você retomar numa fábrica, todo mundo que chegar na fábrica pode ter a temperatura checada. Você monitora essa pessoa todo dia”.

Para atender esta demanda que favorece tanto o auxílio em isolamento para os infectados, ou potenciais casos, bem como auxilia na reabertura gradativa dos negócios, a UniverSaúde, startup que desenvolve soluções tecnológicas para a área da Saúde lançou o aplicativo AVISACorona, uma solução multiplataforma para o monitoramento dos casos de Covid-19 nos municípios brasileiros. “O AVISACorona é a ferramenta que tanto os municípios como empresas precisam para ajudar no controle da circulação do vírus. Ela funciona exatamente do jeito como o ex-ministro da Saúde disse. Pensamos igual em lugares diferentes”, exclama o fundador da UniverSaúde, Dr. Erico Vasconcelos.

“O momento atual da epidemia de Coronavírus no Brasil é grave, dramático e demanda tomada de decisão imediata por parte dos governos e da sociedade civil organizada. Isto afeta todos nós. A UniverSaúde assumiu naturalmente o papel de liderar um movimento de apoio para o enfrentamento do problema associando informação, inteligência gestora e tecnologias digitais”, conta Dr. Vasconcelos.

Saiba mais sobre o AvisaCorona pelo site: www.universaude.com.br/avisacorona

Veja como funciona o aplicativo: https://bit.ly/3d4HmRO

Contato para a imprensa:        
Rafael Gmeiner
Assessor de imprensa do AVISACorona
rafael@vitalcomunicacao.inf.br
(11) 9.4398-1910
Skype: rafael.gmeiner
www.vitalcomunicacao.inf.br


porAgência VitalCom

Destaque – Estética masculina em alta

Influencer desmistifica mitos sobre cuidados com a beleza masculina e cria tendência

O setor estético brasileiro é o maior mercado de produtos e cuidados masculinos no mundo. No ano passado 30% dos clientes das clínicas de estética e 35% dos consumidores de produtos de beleza foram homens.

Estes números têm relação com a busca do homem por uma vida melhor, já que este tipo de cuidado reverte positivamente na saúde. Segundo pesquisa do SPC Brasil, 1,9% dos homens brasileiros consideram que os cuidados com beleza são fundamentais e não estão relacionados apenas com questões estéticas.

Estética masculina em alta 2

O jornalista e influenciador digital, Felipe Ruffino, que também escreve sobre temas voltados ao universo masculino em seu blog Barba & Gravata, diz que paradigmas estão sendo quebrados. “Uma coisa é fato, entre as mulheres sempre houve preocupação nos cuidados com o corpo. Mas de alguns anos para cá, essa preocupação começou a fazer parte do universo masculino. Aos poucos vemos caindo por terra alguns preconceitos. Você não deixa de ser mais ou menos másculo por fazer as unhas, a barba, massagem, entre outros tratamentos estéticos”, afirma.

Até alguns anos atrás os homens apenas cortavam cabelo e faziam suas barbas em espaços especializados nestes serviços. Porém, hoje em dia, inclusive as barbearias formatadas sob novos modelos, trazem uma gama de serviços que antes eram feitos apenas por mulheres. “A depilação é um dos serviços que o público masculino tem feito com muita frequência. A ideia de que o pelo é sinal de masculinidade já não é mais unanimidade. Afinal, quem não gosta de estar com corpo definido?”, comenta.

O influenciador ainda destaca: “alguns homens ainda têm preconceitos sobre fazer as unhas. Criaram a concepção de que isso é coisa de mulher. Mas é tão bonito estar com a unha feita. Se o problema é achar que as pessoas vão notar, a base fosca está aí para isso”.

Felipe, que é um homem sem muitas vaidades, mostra os serviços que ele costuma fazer e explica que qualquer homem pode realizar os mesmos procedimentos. “Eu tenho o hábito de fazer as unhas, depilação a laser, botóx, limpeza de pele, drenagem, sobrancelha. Também vou ao podólogo, à massagem e fisioterapeuta. Além disso faço outros tratamentos mais pontuais durante o ano. Estes procedimentos podem ser feitos por qualquer homem.

Ruffino finaliza pontuando: “Gosto de cuidar do meu corpo e de ter boa aparência. Melhora a autoestima e me deixa muito mais apresentável para qualquer situação do dia a dia”.

Contato para a imprensa:        
Rafael Gmeiner

Assessor de imprensa do Felipe Ruffino
rafael@vitalcomunicacao.inf.br
(11) 9.4398-1910
Skype: rafael.gmeiner
www.vitalcomunicacao.inf.br


porAgência VitalCom

Soluções seguras e tecnológicas para a volta às aulas pós-pandemia

Uma grande preocupação que ronda os pais e a sociedade escolar é sobre como todos voltarão às aulas, pois estar protegido em meio a tudo isso é regra principal

Há cerca de dois meses, vivemos um cenário fora do comum no ambiente escolar por conta do Coronavírus. E isso fez com que as instituições precisassem, de uma hora para outra, modificar o seu cotidiano de aprendizagem, transportando o ensino presencial para o virtual.

Desta forma, diversas ferramentas tecnologias começaram a entrar em uso para que os alunos não ficassem sem estudar em segurança, sem serem parte das estatísticas de disseminação da Covid-19.

Segurança que é o tema foco de pais, alunos e das escolas mundo a fora, uma vez que quando acabar o isolamento, previsto para começar a afrouxar no dia 10 de maio, no Estado de São Paulo, as medidas com a as etiquetas respiratórias e de higiene, de certo, serão preservadas. Além disso, existem diversas outras ferramentas para gestão escolar, que podem auxiliar neste processo de manutenção da prevenção.

E o que temos hoje?

Entre as soluções encontramos desde startups que fornecem aplicativos para organização de entrada e saída na escolas, até empresas de máscaras personalizadas.

  1. Filho sem Fila

O Filho sem Fila, aplicativo pioneiro desenvolvido em 2013, para que os pais peguem seus filhos na escola com mais agilidade, além de auxiliar na diminuição de multas desnecessárias, aumenta a segurança física e biológica de estudantes, pais e equipes já que ajuda na diminuição aglomerações nos pátios e nas portas das escolas “Organizamos o fluxo de saída das escolas de tal forma que os alunos possam sair da sala de aula diretamente para encontrar seus pais, reduzindo o contato com alunos de outras faixas etárias e, consequentemente, o risco. Ao mesmo tempo, do lado de fora reduzimos a permanência dos responsáveis em até 75%, diminuindo aglomerações e, também, às chances de contaminação”

Gmeiner explica, ainda que algumas escolas têm utilizando, durante a quarentena, o Filho sem Fila para entregar materiais e equipamentos, aos pais, de forma segura, para que os alunos pudessem estudar virtualmente. “É interessante pois nunca imaginamos o uso do app desta forma. Eles olharam de forma diferente para adaptar as ferramentas e buscar as melhores soluções”.

Reinvenção na utilização: uma das escolas, que registrou o primeiro caso de Covid-19 em março, e que é parceira do Filho sem Fila utilizando o app no dia a dia na saída dos alunos, precisou fechar repentinamente a unidade que não estava preparada para isso. Assim, a escola precisou se mobilizar para recolher e entregar os iPads utilizados em salas de aulas para que os estudantes pudessem estudar em casa. “Na semana após ao acontecido, iniciando as aulas online, os alunos precisavam dos equipamentos que já utilizavam em sala de aula. Então tivemos que fazer um programa de entrega, sem contato físico com os pais. Reunimos as equipes de inspetoria e de TI para recolher e higienizar os aparelhos e fazer a entrega como faríamos em um processo de entrega dos alunos, de saída de aula. Separamos os alunos e usamos o Filho sem Fila para liberar o acesso na escola, para sabermos que estávamos entregando para pessoas autorizadas a receber e, também, para funcionar como um protocolo de entrega”, relata o Senior Security Manager, Rodrigo Zuh.

Drive-Trhu: Na Maple Bear unidade Cantareira, o Filho sem Fila foi usado para a entrega do presente de dias das mães e os materias que os alunos precisam para estudar remotamente, tentando proporcionar um ambiente mais próxim do que eles possuem na escola.


Startup brasileira de alta tecnologia, que busca a constante inovação científica, com uso de nanotecnologia na produção de biorrepelentes, bactericidas e fungicidas com aplicação em tecidos, móveis e objetos, lançou a primeira linha de antissépticos biocosméticos para higienização das mãos contra bactérias, fungos e vírus, causadores inclusive da Covid-19.

Desenvolvida pela engenheira química, Doutora em Ciência e CEO da Aya Tech, Fernanda Checchinato, a linha é produzida com ativos 100% vegetais, e tem em sua composição óleo essencial de melaleuca, antisséptico extraído de folhas da árvore australiana Tea Tree, que possui propriedades anti-inflamatórias, antifúngicas e cicatrizantes e eficiência comprovada contra bactérias e vírus entre eles o H1N1, e o Coronavírus.

Integradora de soluções e tecnologias para o universo educacional, desenvolve ambientes com mobiliário adequado estimulam o aprendizado, chamados de Learning Spaces

Tem como proposta transformar os ambientes escolares em espaços acessíveis e adaptáveis. Desta forma, os colégios podem realocar e modificar suas salas evitando aglomerações em um mesmo local, de forma simples, rápida e higiênica.

A empresa atua com desinfecção de objetos e ambientes por um processo próprio chamado SAT (Sistema de Atomização Térmica), que reduz o uso de água e de produtos químicos, com resultados mais efetivos do que os métodos tradicionais. No ambiente escolar, além de poder ser aplicado com rapidez em salas de aulas e espaços de conveniência, a empresa pode garantir desinfecção rápida nas vans escolares entre os percursos percorridos para aumentar a segurança de alunos e transportadores.

“Uma superfície contaminada pode contaminar muitas pessoas, por isso oferecemos um sistema de higienização completo. A limpeza já reduz cerca de 70% de bactérias e vírus, por isso é preciso usar produtos complementares eliminar um número maior. Eu chamo a atenção para o uso do desinfetante com efeito bacteriostático, de efeito residual prolongado, que acontece quando o agente ativo não sofre nenhuma alteração química ao ser aplicado”, explica Miguel Sinkunas, especialista em limpeza profissional e CEO da Steamate.

Um dos acessórios que serão indispensáveis na volta do isolamento é a máscara respiratória. A Black Purpurin é uma empresa que produz máscaras de proteção individual com o uso da tecnologia de impressão em 3D e de material biodegradável (bioplástico). Utiliza filtro de algodão simples de farmácia, que é recomendado trocar a cada uso. Além disso, A Black Purpurin aplica uma nanotecnologia antibacteriana e antiviral, no pós-processo de produção.

A unidade Cantareira da Maple Bear está em andamento com um protocolo de segurança para os alunos e colaboradores, que não mais poderão ir para o trabalho usando uniforme, os quais deverão ser vestidos na própria escola. Além da instalação de totens para a higienização de mãos nos quais as crianças não precisarão tocar em nada para limpar as mãos. As salas de aula da unidade têm mais de 50m2, então o distanciamento não será um problema. “Já providenciamos a compra de máscaras de tecido tanto para os alunos quanto para os colaboradores, e mascaras acrílicas para colaboradores da linha de frente, visando evitar o contágio de Covid-19. Nosso protocolo inclui colocar crianças para lavar as mãos com mais frequência, e uso frequente de álcool em gel 70% que estará a vontade para todos, vamos bloquear o uso de bebedouros, incentivando o uso de copos individuais, o que já era uma política da escola. Estamos pensando, inclusive, em colocar divisórias de acrílico sobre as mesas para evitar problemas caso alguma criança espirre. Mas, acima de tudo, vamos educá-los sobre o tema e sobre os cuidados”, conta a diretora pedagógica da unidade Katia Guedes. A diretora acrescenta ainda que “a utilização do aplicativo Filho sem Fila nos auxiliará para evitar aglomerações nos horários de entrada e saída de alunos”.

Sobre o Filho sem Fila

O aplicativo foi idealizado e desenvolvido em 2013, a partir da necessidade de um pai, Leo Gmeiner, que identificou um método de perder menos tempo durante esta rotina diária, além, é claro, de manter alunos e pais mais seguros. O Filho sem Fila é o primeiro aplicativo a proporcionar segurança e agilidade a alunos, pais e equipes escolares durante a saída.

Atende cerca de 200 escolas em todo o País, localizadas em mais de 20 Estados, nas quais promove economia de cerca de 30 horas/ano para cada pai que utiliza o sistema diariamente. Atualmente, são mais de 40 mil alunos e 60 mil pais ou responsáveis usuários do sistema. Paraguai e Canadá estão entre os outros países que já utilizam a tecnologia do Filho sem Fila.

Alguns números:

Redução de 50% do tempo total de saída de alunos
Ganho de 30 horas/ano por pai
Cerca de 100 mil usuários entre alunos e responsáveis
Mais de 3 milhões de chamados de alunos
Mais de 750 mil horas economizadas

Mais informações: http://www.filhosemfila.com.br/

Contato para a imprensa:        
Rafael Gmeiner
Assessor de imprensa da Filho sem Fila
rafael@vitalcomunicacao.inf.br
rafael.gmeiner@gmail.com
(11)9.4398-1910
Skype: rafael.gmeiner
www.vitalcomunicacao.inf.br