Referência brasileira de Pole Sports briga por medalha em Mundial no Canadá

Edi Reis, 54 anos, é pentacampeã brasileira, segunda colocada no ranking mundial na categoria 50+ elite e disputará medalha no World Pole Sports Championships 2019

Referência brasileira de Pole Sports briga por medalha em Mundial no Canadá

Quem entra no Pole, geralmente, procura a modalidade por questões de saúde, pois é uma a atividade auxilia na melhora da força, do tônus muscular, na flexibilidade e ajuda a fortalecer ossos e articulações.

Edi Reis, 54, atual pentacampeã brasileira de Pole Sports, foi em busca da atividade aos 42 anos por conta do excesso de peso. Hoje, 12 anos depois, é uma das principais referências brasileiras na modalidade, já conquistou 14 medalhas entre competições nacionais, internacionais e mundiais; e é a segunda colocada no ranking global do esporte. “Eu buscava algum tipo de exercício que me ajudasse a perder peso, mas para minha idade, não tinha nada. Vi o Pole em uma novela, me interessei e fui atrás”, conta.

O Pole Sports possui, me média, 300 movimentos e combinações, com nomenclaturas próprias e que são critérios de avaliação nos campeonatos. “Temos uma confederação nacional e internacional que são bem rigorosas com as avaliações, tanto pelos movimentos, como pelas roupas usadas, já que é um item não mostrar o corpo além das partes que precisamos para uso nos movimentos”, diz Edi.

Mundial no Canadá

A atleta multicampeã de Pole Sports, que nas últimas competições mundiais se manteve sempre nas três primeiras posições, vem se preparando para o World Pole Sports Championships da categoria no Canadá, que acontece entre os dias 3 e 6 de outubro, e sua técnica, Caroline Falani, comenta que o grande problema, ainda, é a falta de apoio. “Temos o Studio Wings, em São Caetano do Sul (SP), onde treinamos. No mais, a força de vontade da Edi e nosso amor pelo esporte são o que nos ajuda a seguir em frente. Não conseguimos patrocínio para vir ao Canadá, mas estamos ansiosas pois temos grande chance de trazer este título para o Brasil. Acredito que isso será um divisor de águas para o próximo ano quanto ao apoio à modalidade”, finaliza.

Título e medalhas

O quadro de medalhas e títulos de Edi Reis comprovam o porquê ela é a segunda colocada no ranking mundial e uma das favoritas para a conquista do maior título do planeta do esporte.

Tetracampeã Brasileira IPSF (2015/ 2017/ 2018 e 2019); Campeã Paulista de Pole Sports 2011, Vice-campeã Brasileira Championship 2011, 3º lugar no Mundial IPSF Londres 2016, 2º lugar no Mundial IPSF Amsterdam 2017, 3º. lugar Mundial IPSF Espanha 2018 e Campeã Pole Art 2019.

Contato para a imprensa:        
Rafael Gmeiner
Assessor de imprensa de Caroline Falani e Edi Reis
rafael@vitalcomunicacao.inf.br
(11) 9.4398-1910
Skype: rafael.gmeiner
www.vitalcomunicacao.inf.br